Sala 8: Revista Internacional em Políticas, Currículo, Práticas e Gestão da Educação
https://www.revistasalaoito.com.br/article/doi/10.29327/2283270.1.4-5
Sala 8: Revista Internacional em Políticas, Currículo, Práticas e Gestão da Educação
Artigo Prática Pedagógica, Currículo e Formação de Professores

A abordagem do biólogo Piaget acerca do desenvolvimento da inteligência e do poder de criação: uma análise construtiva e integradora

Patrícia Gonçalves, Nícolas José Tavares

Downloads: 1
Views: 440

Resumo

Apresentaremos neste trabalho de que forma o epistemólogo suíço Jean Piaget compreende a evolução da inteligência humana, dividida por ele em estágios do desenvolvimento e como ele compreende o conceito de criação. Para tal, utilizaremos como método de pesquisa uma revisão bibliográfica nas primeiras obras do autor, nas quais analisaremos as fases da evolução da inteligência construídas por ele. É importante ressaltar que nosso foco não será na precisão das idades em que estas fases, chamadas por ele de estágios do desenvolvimento ocorrem, mas, no processo que envolve a origem e o desenvolvimento da inteligência por meio das aprendizagens geradas pelo ser humano através de sua maturação biológica e do contato com o meio em que este está inserido. Dito de outro modo, nosso foco está centrado na construção do conhecimento que fundamenta a teoria construtivista do autor e não em previsões etárias do que deve ser realizado pela criança em determinada idade, como muitas vezes sua teoria é reduzida. Como resultados, podemos inferir que os quatro estágios construídos por Piaget através de suas pesquisas empíricas, são desenvolvidos de forma sequencial, em que a inteligência é desenvolvida construindo conhecimento e criando novidade não apenas na infância, mas em todos os momentos de nossa vida.

Palavras-chave

Educação; Jean Piaget; estágios do desenvolvimento; inteligência; criação.

Referências

DELVAL. Juan. Introdução à Pratica do Método Clinico. Editora Artmed: São Paulo, 2002.
FERRACIOLI, Laércio. Aprendizagem, desenvolvimento e conhecimento na obra de Jean Piaget: uma análise do processo de ensino-aprendizagem. R. bras. Est. pedag., Brasília, v. 80, n.194, p. 5-18, jan./abr. 1999.
KESSELRING, T. Jean Piaget. Petrópolis: Vozes, 1993.
LA TAILLE. O lugar da interação social na concepção de Jean Piaget. In LA TAILLE; OLIVEIRA, M.K; DANTAS, H. Piaget, Vygotsky, Wallon: teorias psicogenéticas em discussão.
13.ed. São Paulo: Summus, 1992.
PIAGET, Jean. Adaptación vital y psicología de la inteligência. Madrid: Siglo XXI de España ed.,1978.
____________ . A Construção do real na criança. Rio de Janeiro, Zahar, 1970
____________ . A equilibração das estruturas cognitivas. Rio de Janeiro: Zahar, 1976.
_____________. A representação do mundo na criança. Rio de Janeiro: Ed. Difel: Rio de Janeiro, 1982.
_____________. Biologia e Conhecimento. Tradução de Francisco M. Guimarães. Petrópolis, Vozes, 1973.
_____________. Psicologia da Inteligência. Rio de Janeiro: Zahar, 1983.
_____________. O Nascimento da Inteligência na criança. Trad. De Álvaro Cabral. Ed. Guanabara: Rio de Janeiro, 1987.
_____________. Seis estudos de Psicologia. Rio de Janeiro. Forense Universitária, 1984.
____________; INHELDER, B. A Psicologia da Criança. Rio de Janeiro: Difel, 1978.
VASCONCELLOS, M. S. Raízes e caminhos do pensamento piagetiano no Brasil. In: FREITAG, B. (Org.). Piaget: 100 anos. São Paulo: Cortez, 1997. p. 193-210.


Submetido em:
03/11/2022

Revisado em:
30/06/2023

Aceito em:
12/07/2023

Publicado em:
26/07/2023

64c155baa953954e576cf062 wwwsalaoito Articles
Links & Downloads

Sala Oito

Share this page
Page Sections